Participe da campanha pela preservação de mais de 550 mil m² de área verde às margens da Represa Billings:

Envie o seu e-mail em defesa do Parque dos Búfalos:

Quem você vai pressionar (8 alvos)

Gilberto Natalininatalini@prefeitura.sp.gov.br

João Doriajoaodoriaprefeitosp@gmail.com

Ouvidoria Cetesbouvidoria_cetesb@sp.gov.br

Secretaria Municipal de Habitação - SEHABsehabimprensa@prefeitura.sp.gov.br

Gilberto Natalini 2natalini@natalini.com.br

Comitê de Bacias Hidrográficas Tamanduateí Billingscomiteat@sp.gov.br

Joao Doria 2joaotrabalhador@prefeitura.sp.gov.br

Promotoria de Justiça de Meio Ambiente da Capitalpjmac@mpsp.mp.br

0
pessoas já se mobilizaram pela proteção da Represa Billings

O PARQUE DOS BÚFALOS ESTÁ SENDO DESTRUÍDO: AJUDE A PROTEGER A REPRESA BILLINGS!
Em 2013, o ex-prefeito Fernando Haddad revogou o decreto que previa a preservação de uma área verde de quase 1 milhão de metros quadrados nas margens da Represa Billings. Sem o decreto, abriu-se caminho para que a Prefeitura iniciasse um projeto de construção de 193 prédios em cima de uma das poucas áreas de preservação de Mata Atlântica em São Paulo.
As obras já estão a todo vapor. Desse total, 50 prédios já estão de pé. E a cada dia que passa a poluição nos braços 4 e 6 da represa Biilings continua, mais ninhos de corujas são destruídos e mais nascentes são soterradas.
O contrato entre a construtora, a Prefeitura e a Secretária de Habitação (SEHAB), prevê a construção de uma série de contrapartidas para melhorar a infraestrutura do bairro. Mas até agora, nada foi apresentado e não há sequer um orçamento previsto para sua construção.

Queremos que o prefeito João Doria embargue as obras até que a Secretária de Verde e Meio Ambiente (SVMA) e a Cetesb verifiquem os danos ambientais na área e que um cronograma de entrega e execução das contra partidas sociais seja elaborado e publicizado.
Se milhares de pessoas preencherem o formulário ao lado para enviar um e-mail diretamente ao secretário de verde e meio ambiente, Gilberto Natalini, à Cetesb, ao secretário de habitação, Fernando Chucre e ao prefeito João Doria, conseguiremos parar as obras imediatamente e exigir uma investigação! Vamos juntos?



QUEBRA DO ACORDO
No contrato entre a SEHAB, a Prefeitura e a Emccamp está prevista a construção de uma EMEI - Escola de educação infantil, uma EMEF - escola de ensino fundamental; um posto da GCM e uma ciclovia na região. Mas, nenhuma dessas contrapartidas sociais começou a sair do papel e não há orçamento previsto e cronograma de obras para sua realização.


POLUIÇÃO DAS ÁGUAS
A construção dos 193 prédios está ameaçando o maior reservatório de água da Região Metropolitana de São Paulo, com volume de armazenamento superior a 995 milhões de m³: a Represa Billings. Já se começa a observar o assoreamento de nascentes e cursos d'água, assim como o desaparecimento da fauna local que possuía mais de 92 espécies de aves.


FALTA DE SERVIÇOS
A chegada de aproximadamente 20 mil pessoas na região em decorrência da construção dos novos prédios agravará ainda mais os problemas de infraestrutura e escassez de serviços públicos no distrito da Cidade Ademar. Nesse contexto, a construção e entrega dos equipamentos públicos previstos no contrato com a construtora é ainda mais essencial.


PARQUE QUE MORRE!
Mesmo com a construção dos 193 prédios, a Prefeitura se comprometeu a preservar 550 mil m² de área verde através da criação do Parque dos Búfalos. No entanto, o local vem sofrendo degradações como o despejo de dejetos, resíduos e poluição. Além disso tudo, nenhum equipamento público, como bancos, ciclovias ou passeio foi instalado até agora.
AJUDE A DESENHAR O PARQUE!
O Movimento Parque dos Búfalos está elaborando um projeto paisagístico e arquitetônico para a implantação do parque. E você pode cocriar esse projeto com a gente. Qual é o seu sonho para o Parque dos Búfalos?


NA MÍDIA
A luta pela preservação do Parque dos Búfalos já dura mais de três anos. A batalha da comunidade local e de ambientalistas pela proteção da Represa Billings e a preservação da Mata Atlântica no entorno já foi destaque na imprensa muitas vezes. Acompanhe um pouco dessa história:
TV Folha

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

Portal G1

TV Folha

Estadão

El Pais

A justiça tem se mostrado extremamente morosa na fiscalização e solução desse impasse. Confiamos que a nova gestão de SP poderá intervir pela preservação do pouco verde que resta em SP, mas a cada dia que passa, a destruição aumenta. É por isso que precisamos agir AGORA! Faça a sua parte, participe da nossa campanha pela preservação do Parque dos Búfalos!


POR QUE A MINHA SAMPA ABRAÇOU ESSA MOBILIZAÇÃO?

A Minha Sampa está mobilizada pela preservação do Parque dos Búfalos desde 2014. Foram dois anos de campanha junto com os moradores da região tentando fazer com que a Prefeitura desistisse do plano de construir 193 prédios em uma área de manancial, cuja infraestrutura está longe de atender as necessidades de mais de 20 mil pessoas que serão deslocadas para a região, sem a realização de contrapartidas sociais.


Hoje, vemos nascentes sendo destruídas, ninhos de coruja sendo soterrados e contrapartidas sociais que não saíram do papel. A construção dos prédios já começou, mas nem por isso desistimos de fazer com que a Lei e o contrato firmado entre a Prefeitura, a construtora Emccamp e a SEHAB sejam cumpridos. Por isso continuamos mobilizados e continuaremos por quanto tempo for necessário.









Juntos podemos fazer uma São Paulo melhor
contato@minhasampa.org.br